terça-feira, julho 10, 2007

Extraordinário

Espante-se, indigne-se e passe a informação:
Em Portugal a interrupção voluntária da gravidez (aborto) dá direito a 30 dias de licença com 100% do ordenado!
Mas uma mulher que esteja grávida e que se veja forçada a ficar de baixa antes do parto, sem este ser de risco, recebe um subsídio de 65% do seu ordenado;
uma mãe que tenha de assistir na doença um seu filho menor recebe 65% do seu ordenado ... Extraordinário não acham?

enfim, coisas da vida ...