quinta-feira, junho 18, 2009

[João Paulo II] Amar não é pecado

Façam um favor a vocês mesmos e leiam este artigo fantástico, um tema bastante interessante e que irá certamente fazer correr muita tinta!
Enfim, coisas da vida ...

"Está circulando a notícia de que o papa João Paulo II, falecido em 2005, tinha uma amiga íntima com a qual se correspondia com freqüência e com a qual se encontrava com certa constância. A correspondência de Karol Wojtyla com essa mulher, cujo nome é Wanda Poltawska, teria durado 55 anos', escreve José Lisboa Moreira de Oliveira, doutor em Teologia pela Pontifícia Universidade Gregoriana, Roma, e gestor do Centro de Reflexão sobre Ética e Antropologia da Religião (CREAR) da Universidade Católica de Brasília, em artigo que nos foi enviado e que publicamos a seguir. O autor foi assessor nacional da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil - CNBB.
(clique para vêr o artigo completo)


2 comentários:

Adelino disse...

Eu acho que a igreja tem estado muito mal .
O AMOR É TUDO.
A cabem com o celibato.

Bartolomeu disse...

Doutores criam teorias que hoje são verdades, mas viram pó no avaço da humanidade.
O amor é tudo quando soma e nos deixa na mesma igualdade, sem soberba de cargos ou qualquer outra vaidade.