quarta-feira, novembro 17, 2010

Joaquim Letria: FUGIR? PARA ONDE?

SÓCRATES parece aqueles velhinhos que se metem pelas auto estradas em contra-mão, com o Teixeira dos Santos no lugar do morto, a gritarem que os outros é que vêm ao contrário.
De rabo entre as pernas, fartinhos de saberem que estavam errados, não conseguem agora disfarçar o mal que nos fizeram. Ainda estão a despedir-se, agradecidos, do Constâncio, e já dão a mão a Passos Coelho, que lhes jura que conhece uma saída perto e sem portagem.
Estamos bem entregues! Vão-nos servindo a sopa do Sidónio, à custa dos milhões que ainda recebem da Europa, andam pelo mundo fora sem vergonha, de mão estendida, a mendigar e a rapar tachos, tratados pelos credores como caloteiros perigosos e mentirosos de má-fé.
Quando Guterres chegou ao Governo, a dívida pouco passava dos 10% do PIB. 15 anos de Guterres, Barroso, Sócrates e de muitos negócios duvidosos puseram-nos a dever 120% do PIB.
Esta tropa fandanga deu com os burrinhos na água, não serve para nada e o estado do próprio regime se encarrega de o demonstrar. Falharam todas as apostas essenciais. Todos os dias se mostram incapazes. Mas com o Guterres nos refugiados, o Sampaio nos tuberculosos e na Fundação Figo, o Constâncio no Banco Central e o Barroso em Bruxelas, a gente foge para onde?

3 comentários:

Pedro Teixeira da Mota. disse...

Verdadeiramente uma tropa fandanga, para não dizer maldita pois tem amaldiçoado a vida de muitos portugueses e enfraquecido muito do futuro de Portugal...

Luis disse...

A verdade vem ao cimo mas a falta de vergonha continua. Vamos continuar a ser os sacrificados já que não se vê ninguém (dos governantes e crápulas que os acompanham) a falar em por termo a grupos, institutos e fundações de desocupados. Também não se verifica qualquer fiscalização e controlo sobre os rendimentos de inserção, dados muitas vezes ao desbarato a cidadãos (ou pseudo-cidadãos) que não são tão necessitados como pretendem fazer crer. Haja vergonha.

Antero Ferreira disse...

Onde andas Joaquim? Não me lembro há quantos anos escreveste num pasquim chamado 24 horas (só lia o teu artigo na última página desse jornal)que esta canalha que estava a sair das universidades e faziam o tirocinio em Punta Cana, eram os que haviam de nos ghovernar (ou desgovernar) no futuro!
Como estavas certinho na tua observação! Os mediocres continuam no poleiro e tu, como eu e como outros,~vamos aguentando esta merda. Mas meu caro,eu sofro bastante porque, carneiro, só de signo! Um abraço de grande admiração.